E Cristo Te Iluminará! (Ef 5.14)

 

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

ONLINE
2





Testsssss


> Processo de coaching de Relacionamento

Processo de coaching de Relacionamento

O que faz um Coach de Relacionamento e como ele pode ajudar no seu relacionamento amoroso?

Precisamos nos relacionar com outras pessoas para nos sentirmos atuantes, reconhecidos, amados. Freud, entre outros que teorizaram sobre a natureza humana, fala que as pessoas buscam em relações com a família, amigos e parceiros amorosos uma maneira de preencher esses espaços. A primeira experiência de relação afetiva vem com a convivência em família, com os pais e membros mais próximos, depois vamos experimentando outros ambientes e novas companhias e em algum momento encontramos alguém com quem temos um relacionamento amoroso.

Entre os especialistas em comportamento de casais, as queixas mais frequentes dizem respeito à dificuldade na comunicação, em reconhecer determinados sentimentos e mudar alguns hábitos. Com a comunicação prejudicada e sem saber ao certo que caminho tomar, alguns casais vão em busca de soluções mais assertivas e encontram no Coaching e no Mentoring resultados transformadores.

Para saber como atua o coach de relacionamento e de que forma ele pode ajudar um casal, entenda, a seguir, algumas características de um relacionamento que não está indo bem.

O que faz o Coach de Relacionamento?

Coach de Relacionamento é o profissional capacitado para trabalhar com Coaching aplicado a relacionamentos amorosos trabalhando aspectos individuais e também em conjunto do casal. São diversas áreas como inseguranças, crenças, a forma como a pessoa se vê e como vê o seu parceiro amoroso, visão de mundo limitada e falta de clareza sobre propósito de vida. Essas questões podem impedir que o relacionamento amoroso floresça criando um clima de tensão constante em que nenhuma das duas pessoas se sente feliz.

Desde pequenos somos apresentados a histórias amor, esperamos encontrar ao longo da vida alguém para compartilhar nossos objetivos e construir uma vida em comum juntos. Temos a esperança de que poderemos confiar plenamente nesta pessoa e que ela vai nos compreender se houver amor. Para viver em um relacionamento amoroso pleno é preciso que haja respeito, afeto, amizade, confiança e características pessoais que se complementam. Outros fatores da vida como trabalho, filhos ou alguns objetivos incompletos dificultam a conexão entre o casal e é neste momento que há uma quebra de sintonia, a comunicação deixa de ser assertiva e um dos dois se sente mais triste por não ter suas necessidades atendidas. O casal reconhece que o relacionamento precisa de um intermediário que os ajude a superar:

  1. Faltas grave na comunicação levando a desrespeitos pelas diferentes visões de mundo do casal;                                                                                     2. Falta de senso de responsabilidade com sua própria vida;                                 3. Não estar disposto a ouvir o que o outro tem a dizer sobre o relacionamento;                                                                                    4. Crenças limitantes que impedem a prosperidade do casal; 5. Negatividade com relação a erros do parceiro;                            6. Dificuldade em expressar carinho e afeto através de gestos e ações; 7. Excesso de crítica sobre o comportamento do outro;                     8.Enxergar somente o lado ruim da vida em casal;                9. Julgamentos no lugar da escuta atenta aos sentimentos do outro; 10. Falta de tempo para passar ao lado do parceiro ou da parceira.

Algumas pessoas são mais cautelosas ao adquirirem um imóvel ou um carro, mas quando estão diantes da possibilidade de um relacionamento amoroso pulam algumas etapas porque imaginam que vão conseguir tudo o que gostariam, já percebeu isso?

Se experiências anteriores fizeram você pensar que falhou ou que falharam com você, isso se deve pelo pouco tempo dedicado a refletir sobre sua escolha. O Coach de Relacionamentos vai trabalhar com você alguns pontos que são a chave para relacionamentos felizes e conscientes.

Ao atender o casal, o Coach de relacionamento consegue mostrar o caminho para construção de uma relação mais sólida e feliz, baseada em sinergia e companheirismo. Com isso, o casal deixa de usar expressões e comportamentos que nada aportam para a felicidade e passa a atuar com a mente focada no momento presente e conectada com a Vida. Assim, o caminho para a transformação do relacionamento começa a ser trilhado pelo casal que já sente as primeiras mudanças na forma como compreendem um ao outro.

O Coaching e o Mentoring são metodologias que preparam o Coach de relacionamentos a atuar com pessoas que vivem relações atribuladas e que buscam se ver livres de ciclos viciosos, ampliando horizontes pessoais e também em casal. O trabalho é direcionado para atender o ser humano em todos os seus aspectos fortalecendo seu centramento e sua conexão com o Todo.

Aspectos do Relacionamento Amoroso trabalhados pelo Coach de Relacionamento

Confira algumas técnicas aplicadas pelo Coach de relacionamento para ajudar a o casal a construir uma relação fortalecida com este atendimento:

Despertar de consciência

Para se sentir bem disposto dentro de um relacionamento, é preciso se sentir equilibrado com as próprias escolhas, com quem se é de fato. Nesse sentido, é preciso iniciar um processo de despertar de consciência sobre o Ser e seu sentido de estar no mundo. Sentir-se parte de algo maior ajuda a diminuir grande parte das ansiedades que consomem a disposição de viver relacionamentos amorosos felizes.

Escuta ativa

Saber escutar o outro, o que ele quer dizer sem se fixar somente na forma que está se expressando. Buscar entender suas motivações e suas emoções que movem suas ações. Perceber também aspectos não verbais como gestos do corpo, tom de voz, olhar, respiração. Para isso, é preciso adotar uma postura centrada em escutar o outro e não em confrontá-lo. A escuta ativa é o primeiro passo para a empatia.

Empatia

É a capacidade de acolher quem o outro é sem julgá-lo ou criticá-lo no momento em que ele está se abrindo para você. Saber escutá-lo e buscar entendê-lo em sua visão de mundo, suas experiências anteriores e o que ele gostaria que acontecesse com ele dentro da relação de casal. A empatia cria uma espaço para expressão e a partir deste espaço, sabendo aplicar uma comunicação assertiva, é possível vivenciar relacionamentos com propósito construtivo, positivo e feliz.

Comunicação Assertiva

Saber transmitir uma mensagem clara para o outro sem ofendê-lo nem deixar de atender a própria necessidade é uma forma de trabalhar a Comunicação Assertiva. A assertividade se dá quando há empatia entre o casal e ambos se sentem à vontade para expressar o que querem para a relação sem medo de machucar o outro nem intenção de feri-lo verbalmente.

  • Palavras importantes como elogios e agradecimentos ao longo do dia ajudam a construir um clima harmonioso de confiança e apoio.
  • Não fugir da presença do outro nem dar mais tempo a outras distrações também faz parte da postura assertiva. Fazer o que precisa ser feito com qualidade e entusiasmo.
  • Gentilezas e gestos que mostram proatividade e dedicação ao relacionamento como compartilhar tarefas domésticas, dar presentes, criar oportunidades para o lazer de ambos como jantares e passeios. Neste sentido, gestos íntimos como beijos, abraços, relações sexuais também fazem parte de manter a harmonia do relacionamento.

Transformação

Um relacionamento amoroso que não necessite de aprimoramento não existe, alguns precisarão de mais empenho do casal, porque há coisas no âmbito pessoal que ficaram pelo caminho e precisam ser revistas e transformadas. Todo casal pode evoluir seu relacionamento, mesmo aqueles que possuem boa comunicação podem encontrar espaço para novas experiências dentro da relação. Lembre-se sempre que é a forma como se ama que fortalece e cria uma amor duradouro.

Fonte

⇒ Faça um Contato Conosco 

 

 Nossos Artigos 

                                                                    Meu Perfil

“Eu realmente só amo a Deus, na proporção em que amo a pessoa que menos amo” (Dorothy Day)     

Pastor, Teólogo, Psicólogo e Formação em Coaching - Especialidade em Personal Life Coaching (Spiritual Life Coaching).

Sou natural de Goiânia, Go. Moro em SP desde 1983. Formei-me em teologia em Belém do Pará, e depois faculdade de teologia e psicologia em SP.  Pastorei em vários lugares do Brasil: Pará, São Paulo, Brasília, Goiânia, Palmas e São Pulo Novamente.  Sou um buscador contumaz da verdade, nunca me conformei com nada menos que a verdade. Depois de tantos anos pertencendo ao sistema religioso, observando a vida e a mensagem de todos os que, também, fazem parte  do mesmo sistema, tanto leigos quanto clérigo; sempre percebi  que a verdade pregada e vivida era sempre relativa, e não transforma, de fato, a ninguém. O novo nascimento que se prega, não é verdadeiro; é um equívoco enorme. Praticamente ninguém nasce de novo, talvez um em um milhão, (não estou julgado), mas foi o que eu sempre vi e vejo. Você não? Seja sincero!  As coisas velhas nunca mudam, pois não há nova criatura. Veja neste site o que penso hoje. Continuo buscado, a jornada é longa e o caminho é infinito. Devemos ser sempre buscadores. Mas para trilhar um caminho é preciso dar o primeiro passo. Só depois de 40 anos tentado enveredar-me por esse infinito caminho da jornada eterna, eu pude dar o  primeiro passo. Quando buscamos a verdade com empenho e vamos descobrindo aos poucos, sofremos muitos impactos. Crenças e paradigmas precisão ser quebrados. E isso custa muito caro para nós. Dogmas e crenças arraigados provocam profundo sofrimento no processo emocional. Por isso a maioria prefere se apegar em suas crenças antigas, sem nunca examiná-las em profundidade, do que ter que romper com elas. Quase sempre essas crenças e dogmas são passados  de geração a geração de milênio a milênio e são aceitos sem questionamento. Jesus disse: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". De que verdade Jesus está falando, você já pensou nisso?  Essa verdade da qual Cristo fala é a verdade pura e cristalina, sem a manipulação do homem. Onde se pode consegui-la? Essa verdade não é encontrada em livros, sejam eles quais forem, nem em dogmas e crenças humanas. Ela só pode ser encontrada no nosso íntimo. O nosso íntimo é um lugar sagrado, onde somente nós e Deus podem acessar. Ninguém pode  invadi-lo para corromper e manipulá-lo, por isso a verdade emana dele  de uma forma plena e confiável. Você já parou para pensar que sua mente pode estar condicionada a ensinamentos milenares, mas que não expressam a verdade?  Pense nisso, qual a garantia que você tem em relação a verdade que sua mente condicionou? 

*********

“Procuro o lado bonito de cada pessoa, suas especialidades, sua luz, as qualidades internas mais  profundas e  reais, atrás das sombras, das fraquezas. Aceito cada uma com sentimento de perdão e misericórdia no meu coração, substituindo as críticas e a visão dos defeitos  por pensamentos que irradiam ausência de julgamento,  e conscientemente gero energia positiva, ajudando a transformar a atmosfera ao meu redor. Crio uma nova forma de pensar gerando paz, serenidade e contentamento”.

wink wink laughing   

 Nossos Artigos